Extensão Jovem 2.0: um programa que interage com o internauta

Fiquei admiradíssimo com o jeito divertido, espontâneo e criativo dos jovens de Santa Luzia no programa #ExtensãoJovem, ontem, sábado. Por isso, gostaria de registrar, publicamente, a minha admiração pelo programa e aproveitar para parabenizar a equipe  por esse estilo ligeiro, leve e cativante de comunicar. 

A dupla que apresenta o programa junto com o moderador do twitter têm uma sensibilidade comunicativa estupenda, dialogam de uma forma tão natural que a sensação que passa pra nós, ouvintes, é de que estão sentados no banco da praça, comendo pipoca com guaraná e falando das novidades da semana, dos encontros, das festas, de forma que nos deixam muito à vontade pra também entrar no bate-papo, através do twitter ou telefone. 

Ontem, peguei somente os últimos vinte minutos do #Extensãojovem. Parece que não foi o primeiro sábado que eles alargam a audiência da Rural, usando o Twitter coligado ao livestream, transformando  a Rural, simultaneamente, em rádio-televisão. 

Pelo que pude ver no programa, a equipe apresentadora está utilizando as vantagens que a web dispõe, usando-as de forma muito simples e criativa, por exemplo: 
- Uso do Twitter: os apresentadores usam uma conta @jovensantaluzia para divulgar durante a semana a temática e tudo o que vai rolar no programa do sábado seguinte.

- Também, usam a hastag (etiqueta) do programa #Extensãojovem que tem a finalidade de destacar um tema quente ou um acontecimento no Twitter. Somente a título de informação, entre as diversidades de redes, Twitter é o melhor site de rede social para o rádio. O Brasil, com mais de 80 milhões de conectados na web, é o segundo país do mundo com maior número de tuiteiros. Espetacular!

- Gostei muito do rádio-tv, o livestream, porque quem acessa a Rural pela Internet, pode, não somente escutar, como, também, ver. Isso é muito bacana. A alma que move o sucesso da audiência na web-rádio é a interação. O ouvinte das redes sociais não quer apenas escutar, passivamente, mas, também, quer ser escutado, quer interagir, entrar na roda. 

- E pra completar as vantagens da web no rádio, poucos minutos após o término do programa, dei uma espiada no blog Caminhando com Cristo e logo de cara, vi o seguinte comunicado: “perdeu o programa #ExtensãoJovem? Você tem a chance de assistir aqui. Foi o meu caso. Cheguei atrasado, perdi mais da metade do programa, porém, depois, pude vê-lo, tranquilamente. Sensacional. 


Tudo isso é possível porque a Rural de Mossoró foi uma das pioneiras no Estado a se tornar 100% digital. O que muda? Tudo. Além da qualidade do áudio, da expansão territorial do sinal, de equipamentos mais práticos e intuitivo de utilizar, a Rural, também, dispõe de todos os requisitos necessários pra aproveitar 100% da beleza infinita que a internet oferece aos meios de comunicação tradicionais, tais como: rádio, tv, jornal, etc.


A conversão da Rural para o digital deu-se no período que Pe. Flávio Augusto estava na direção da rádio. Atualmente, o diretor é Pe. Carlinhos, um comunicador nato, que, certamente, dará continuidade aos procesos de adaptação e inovação ao mundo digital.


Por isso, não somente os jovens de Santa Luzia, apresentadores do programa #ExtensãoJovem, estão de parabéns, mas, toda a equipe da Rádio. Os demais programas, sem dúvida, também usam os mesmos meios disponíveis para ouvir e incluir os ouvintes no gostoso bate-papo da Rural. 
No fim da história, quem ganha e quem agradece pelas inovações da Rural somos nós, ouvintes, a razão de ser do rádio.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CONVITE - Festa de Nossa Senhora de Fátima 2014

Por que um meio de comunicação quente é frio? McLuhan explica.

Comunidade x Sociedade