O dia D

Seria reducionismo dizer que votar é a única forma de exercermos a nossa democracia. Certo. Mas, para quem a tem como um bem transversal que penetra em todos os organismos vivos de um país, não votar, cria uma ferida dolorosa na consciência cidadã.


Apesar de não estar presente no meio da minha gente, acompanhei, na medida do possível, a corrida dos candidatos em direção aos seus objetivos.


PONTOS NEGATIVOS:


Olhando daqui de fora, avalio as eleições para presidente com muita tristeza.

- Na minha opinião, houve muita mesquinharia, rivalidades em torno de temas inúteis, deixando as questões mais urgentes como algo periférico nos debates da velha mídia.

- Envolvimento de algumas instituições civis e religiosas que usaram seus púlpitos e poderes para lesar a consciência do cidadão.

- O comportamento da oligocracia midiática representada pela Globo, FSP, Veja, Estadão, etc. ludibriaram com infâmias, agressões, factóides a opinião pública.

- Outro elemento inaceitável é o ódio que se criou nos confrontos entre os eleitores. Nas redes sociais, sobretudo o twitter, esse ódio causou marcas fortes em muitas relações. Isso não tem nada haver com democracia e participação madura no exercício da cidadania.

- O candidato Serra foi insistente em querer transformar mentiras em verdades. Isso é crime, querer lesar a opinião pública, sobretudo, quando vem de uma candidato com um passado político bastante respeitado.


PONTOS POSITIVOS

- Uma mulher concorrendo à presidência. Esse é um ponto inédito no processo democrático do nosso país.

- A decisão para presidente somente no segundo turno. Isso ajudou a tratar alguns temas políticos com mais maturidade.

- A prioridade da candidata do PT em incluir no seu projeto de Governo a erradicação da miséria no país.

- A garantia da continuidade dos programas sociais do governo Lula;

- A interacção horizontal da comunicação entre eleitor e candidatos. As redes sociais são a grande vencedora dessas eleições.


Agora, resta-nos esperar o resultado final. As pesquisas e toda a atmosfera da comunicação garantem a vitória de Dilma, a primeira mulher presidenta do Brasil.


Viva a democracia e viva o povo brasileiro.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CONVITE - Festa de Nossa Senhora de Fátima 2014

Por que um meio de comunicação quente é frio? McLuhan explica.

Redes socias x comunidades virtuais. Qual a diferença?