Chega de promessas!

Hoje, 17 de outubro, dia Internacional da Erradicação da Pobreza, serão lembrados os 800 milhões de pessoas que todos os dias vão para a cama com fome.

Esse dia, serve também para recordar algumas das muitas causas que geram a pobreza, e, a partir desse conhecimento, a humanidade se sensibilize e, sobretudo, ousa apresentar propostas viáveis para a erradicação da pobreza no mundo.

Baseado na mensagem da Cáritas para o Dia Mundial da Erradicação da Pobreza, Eugênio Sales, Presidente da Cáritas de Portugal, defendeu que, devemos todos, de acordo com as responsabilidades pessoais e sociais, considerar como preocupação:

- O agravamento das desigualdades social;

- O desemprego, cujo alvo são os mais pobres;

- A cultura da corrupção generalizada em muitos países;

- Os problemas ambientais;

- O consumo desregrado das drogas, via para o aumento da violência;

- As guerras atuais do Afeganistão, Médio Oriente com o crescente número de mortes e feridos.

Uma consciência comum diante da realidade é importante. Saber que a mesma (a pobreza) é uma violação aos direitos humanos é mais importante ainda.

Porém, o mais importante é colocar esse vergonhoso fenômeno no centro dos interesses políticos e econômicos, pois, a gravidade dessa realidade é, simplesmente, falta de vontade política.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CONVITE - Festa de Nossa Senhora de Fátima 2014

Por que um meio de comunicação quente é frio? McLuhan explica.

Redes socias x comunidades virtuais. Qual a diferença?