Inventar o Brasil que queremos

As boas notícias vindas do Brasil são para nós, que vivemos longe da nossa pátria, motivos de esperança e alegria. Principalmente, neste período em que os países do primeiro mundo ainda continuam procurando uma brecha para sair da crise econômica.

Aqui na Itália, o desemprego, a política contra os imigrantes, a precariedade na saúde, as greves e manifestações dos professores da rede pública, fazem partem do cenário cotidiano.

O grave de tudo é que a imprensa não informa para o cidadão italiano o quadro real da crise. Por quê? É fácil entender. A imprensa aqui na Itália é estatal e a sua concorrente pertence a Sílvio Berlusconi, ministro do país.

Em meio a esse contraste, nos faz bem saber que: o Presidente do Brasil, Luis Inácio Lula da Silva, recebeu uma homenagem da Associação Internacional de Radiodifusão (AIR) por seu seu trabalho em defesa da liberdade de expressão.

Um exemplo não só para a América Latina, mas também para o mundo. O grupo da AIR, que representa 17 mil emissoras de rádio e TV na Europa e nas Américas, entregou uma placa ao presidente Lula no gabinete provisório da Presidência da República no Centro Cultural Banco do Brasil.

Outro aceno importante para nós que estudamos comunicação é a política de inclusão digital enfatizado por Lula ontem no II Congresso sobre software Livre e Governo Eletrônico em Brasília. Segundo ele o projeto inclui um computador por aluno. Isto significa, cidadão informado, e, portanto, mais democracia e participação.

E para completar o dia, o Brasil nas páginas dos jornais italianos. Notícia ruim, não. O mundo de olho no Pré-sal. E qual será o destino do lucro?

O objetivo do governo é que o Pré-sal permita que o Brasil expanda o combate à pobreza e invista pesado na educação, meio-ambiente, ciência e tecnologia. Fortaleça a indústria nacional e aumente sua importância no contexto geopolítico mundial.

E vamos inventar o Brasil que queremos, como bem disse o bravo Darcy Ribeiro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CONVITE - Festa de Nossa Senhora de Fátima 2014

Por que um meio de comunicação quente é frio? McLuhan explica.

Comunidade x Sociedade