DESTAQUE DA SEMANA

Que vergonha!!
Foi notícia na imprensa italiana nesta semana os escândalos das passagens aéreas pagas com o dinheiro público para o turismo das namoradas, familiares e amigos dos deputados e senadores do Brasil.
A  fama de um Brasil caracterizado pela impunidade e pela corrupção é muito forte na Europa. Aqueles que são eleitos pelo povo para representá-lo e promover justiça social e cidadania digna para todos, se trasnformam em símbolo do atraso e da vergonha nacional. O mal que eles fazem não afeta somente a ética e o desenvolvimento da nação, mas atinge também a todos os brasileiros que vivem fora do país. Para completar, o Brasil todo assistiu  ao bate boca do presidente do STF com Joaquim Barbosa. O símbolo da justiça e do direito se trasnforma em "baixaria" do pior nível. 
Contudo, quando tudo parece estar perdido, surge uma esperança. Li no jornal "a repubblica"da Italia o elogio que Barak Obama fez a Lula em Mexico. Disse que Lula é uma liderança, de quem ele quer está junto como parceiro para a crise mundial. Por isso, o país ainda há motivo de acreditar na política ao testemunhar o exemplo de governo do presidente que, diante a todas as casações, prisões, e impunidades entre os politicos, ele mantém sua identidade limpa e digna de ser respeitada e reverenciada pelo Brasil e e pelo mundo.

"Crise non existe"
Li nesta semana non jornal online de Mossoró um comentário de um jornalista sobre a crise financeira. Ele disse, usando palavras sem crédito, que a crise non passa de uma fantasia do Banco Central e dos governos dos países do primeiro mundo. Pergunto-me em que planeta vive esse jornalista.
Dados desta semana do FMI e do Banco Mundial apresentaram uma parte do que a crise está provocando no mundo. Vejamos! As pessoas de classes média e alta perdem empregos e casas. Nos países pobres, mais um bilhão de pessoas vão passar fome. Este número supera a população do Brasil, dos Estados Unidos e da União Européia que, somados significa 15% da população mundial. Outros 100 milhões de pessoas permanecerão estremamente pobres e mais de 400 mil crianças de até cinco anos vão morrer de desnutrição ao ano. 

Dia da Resistência
Hoje, 25 de Abril, é feriado nacional em Italia em comemoração ao dia da "Resistência". Em 1943, durante a segunda guerra mundial,  a Itália se armou para opôr-se ao sistema nazista liderado por Hitler. Depois de muitos confrontos e mortes, a Itália comemorou vencendo os militares nazistas. Essa vitória simboliza a mudança de uma Itália monárquica e de regime totalitário para uma Itália republicana e democrática. 

Comemoração no Brasil
Mesmo distante da pátria recordei e celebrei nesta semana as duas datas significativas no Brasil. O dia de Joaquim José da Silva Xavier que foi esquartejado em 21 de abril de 1792 por denunciar a coroa portuguesa, que naquela época estava exportando a riqueza natural do Brasil e explorando os pobres em trabalhos escravos. Digno e justo de recordar o testemunho do heroi da inconfidência mineira e do Brasil.
Quarta-feira, 22 de Abril, foi comemorado o dia em que Pedro Alves Cabral chegou ao Brasil no ano de 1500. Ele chegou acompanhado de suas 13 caravelas portuguesas. Ainda longe de chegar a terra, avistaram um monte e alí mesmo, batizaram como a terra do monte pascal. Depois mudaram o nome para a terra da santa cruz e mais tarde, quando descobriram o pau brasil, definiram uma vez por todas, como a terra chamada Brasil.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CONVITE - Festa de Nossa Senhora de Fátima 2014

Por que um meio de comunicação quente é frio? McLuhan explica.

Comunidade x Sociedade