Independência do Brasil em Roma


Os padres, bispos, religiosas e leigos do Brasil residentes em Roma festejaram no dia 7 de setembro, segunda-feira, o dia da independência, no colégio Pio Brasileiro.

A programação foi composta por dois momentos. Às 17h, o Cardeal Prefeito da Congregação para o Clero, D. Cláudio Humes, presidiu a missa solene e, em seguida, a Embaixada Brasileira no Vaticano convidou a todos para o salão de recepção, onde foram servidas comidas e bebidas típicas do Brasil.

D. Cláudio, na homilia da missa, fez uma rápida retrospectiva da presença da Igreja Católica na história do Brasil. Iniciou recordando os primeiros missionários Jesuítas em 1500. Disse que a Igreja foi e ainda é uma das forças promotoras dos valores, da justiça social, dos direitos humanos.

O cardeal enfatizou que ¨o valor maior que a Igreja pode oferecer ao povo do Brasil é a fé em Deus¨. Parafraseando o papa, D. Cláudio disse que “o coração do homem sem Deus é um verdadeiro deserto”.

Ainda na sua homilia ele apresentou os projetos da ação pastoral da Igreja do Brasil nos dias atuais. Dentre eles, o cardeal acenou:

  • A Missão Continental da Igreja na América Latina

  • O Ano Catequético – reascender na Igreja o discipulado e a missionariedade

  • O Ano Sacerdotal – destacou a importância do padre dizendo que “a Igreja se move com os pés do padre”.

O cardeal concluiu a homilia fazendo referência ao Evangelho lido, em que narrava a pesca milagrosa de Jesus. Paragonando com os personagens do texto, sobretudo, com Pedro que não havia pescado nada durante a noite, D. Cláudio concluiu convidando a todos a não deixar-se serem conduzidos pelo medo, pois “para os que crêem sempre existem novas possibilidades.”

Antes da benção final, O Embaixador do Brasil junto à Santa Sé, fez um pequeno colóquio. Ele descreveu em linhas gerais as conseqüências do grito de D. Pedro I para o povo brasileiro e destacou a "liberdade do brasileiro como princípio, meio e fim da democracia". Concluiu sua fala, pedindo a todos para cantar o Hino Nacional Brasileiro.





Comentários

  1. Caríssimo Padre Talvacy.... A Santa Paz!!!

    Que alegria ver que o Senhor tem um Blog!!!

    A comunidade de Santo Antônio também tem um:

    http://www.capeladesantoantonio.blogspot.com/

    Não deixe de visitar!

    E quando vier de Roma (Ou se encontrar Dom Mariano por aí) por favor me traga uma assinatura do Papa Bento XVI feita por ele mesmo em um papel ou algo semelhante desde que seja original!!! hehehehehehehehe

    Seria uma honra!!! Vou esperar!!

    Um forte abraço!

    Edmiray Bezerra (Edimirrai Bezerra)

    ResponderExcluir
  2. caro Edmiray
    não é fácil ter acesso direto ao papa, mas verei o que posso fazer.
    acessei o blog da comunidade. parabéns. Esse será o futuro da informação. um abraço, lembrança à querida com. de Santo Antonio,
    Deus lhe abençoe,
    pe. Talvacy

    ResponderExcluir
  3. Escrevemos uma postagem sobre o nosso diálogo no Blog da Capela de Santo Antônio... Um abraço Padre!


    http://capeladesantoantonio.blogspot.com/2009/09/direto-de-roma-padre-talvaci-nos-manda.html

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

CONVITE - Festa de Nossa Senhora de Fátima 2014

Por que um meio de comunicação quente é frio? McLuhan explica.

Comunidade x Sociedade